Porque elas mostraram muito amor Padre Lataste

Porque elas mostraram muito amor Padre Lataste

27 vues • 01/10/2012 • 29:44

Hoje, Net for God convida a descobrir a vocação, a beleza do carisma das irmãs dominicanas de Betânia. Presentes em vários países na Europa, elas formam uma congregação
religiosa que reúne na vida contemplativa de mulheres vindas da prisão, com um passado difícil e de outras mulheres que vêm de uma vida menos conturbada. Todas essas religiosas
se consagram à Deus numa comunhão fraternal de misericórdia, que se constrói discretamente.

Mas qual é a origem desse milagre das Dominicanas de Betânia? Se essas irmãs vivem hoje nessa “comunhão fraternal de misericórdia”, é porque o chamado que receberam se apóia numa palavra de esperança. Essa palavra foi aquela trazida em 1864 pelo Padre Jean-Joseph Lataste, dominicano francês, quando pregou um retiro às detentas da prisão de Cadillac,
em Gironde, França.

Ao passar dos dias do retiro, esse jovem pregador é definitivamente marcado pelo encontro com essas mulheres que ela chamará “queridas irmãs”. Ele constata maravilhado que uma vida destruída pelo crime, pode conhecer uma liberdade interior supreendente logo que encontra a infinita misericórdia de Deus.

Foi então que o Padre Lataste vai até o fim da intuição que ele recebe quando ora no meio
das detentas, como um irmão no meio de suas irmãs: criar uma comunidade dominicana
na qual as mulheres vindas da prisão seriam integradas no meio de outras irmãs tendo
um passado menos difícil.


A atitude de resistência da sociedade com relação à elas, quando saem da prisão, o leva
a publicar “As reabilitadas”, um livreto de 76 páginas que apresenta o projeto dessa nova fundação: a casa de Betânia. O Padre Lataste interpela assim a opinião pública e o poder político: “Se essas detentas são plenamente reabilitadas aos olhos de Deus, porque nossa sociedade continua excluíndo-as quando elas saem da prisão?”

À partir de maio de 1866, apesar de muitas dificuldades, a fundação se concretiza com
a chegada providencial de Madre Henri Dominique, uma religiosa de Apresentação de Tours, que se tornará a primeira superiora de Betânia. Em Julho de 1866, uma casa é encontrada
em Frasne-le-Château, perto de Besançon. Foi assim que a Casa de Betânia é fundada
em 14 de Agosto de 1866. Progressivamente, as primeiras irmãs e reabilitadas começam
a chegar. Elas se sucedem com o passar dos anos, e se difundem em diferentes países,
até hoje.

A história do Padre Lataste e das dominicanas de Betânia é portadora de uma tal mensagem sobre o que a misericórdia de Deus pode operar nos corações, que não podemos ficar indiferentes!

Ce film est réalisé par la Communauté du Chemin Neuf via le réseau international de prière « Net for God ».

Pour plus d'informations : www.netforgod.tv
Pour nous contacter : netforgod@chemin-neuf.org
Pour nous aider : https://www.tipeee.com/net-for-god-fr
moins

Langues :
Português
Ce média est aussi disponible en :
Français
English
Deutsch
(arabic) العربي
Créole mauricien
Español
Magyar
日本 (japanese)
Kirundi
Malagasy
Nederlands
Polski
русский (russian)
Česky
Slovenský
Latviski
Lietuvių
հայերեն (armenian)
Italiano
Chaîne: Net For God